Investidores sinalizam que vão participar do leilão de portos

 

Está previsto para o dia 31 de março deste ano, na sede da Bolsa de Valores de São Paulo – Bovespa, o segundo leilão de áreas portuárias, promovido pela Secretaria de Portos da Presidência da República. Esse foi o tema central do seminário “Setor Portuário: Desafios e Oportunidades”, que aconteceu nesta quarta-feira, 24 de fevereiro, em São Paulo.

Participaram do evento: o vice-presidente, Michel Temer; o ministro do Planejamento, Valdir Simão; o ministro da Secretaria dos Portos, Helder Barbalho; a secretária executiva do Ministério dos Transportes, Natália Marcassa de Souza; além de empresários e representantes de associações do setor.

De acordo com matéria publicada no Portal Brasil, diversos investidores que acompanhavam o evento demonstraram interesse em participar do leilão. É o caso do diretor de Portos da Cargill Agrícola, Clythio van Buggenhout; e Marcelo Araújo, presidente-executivo do Grupo Libra. Araújo fez uma análise da participação do grupo no leilão: “temos de ser cirúrgicos, não adianta concentrar 20 projetos em um ano. O ideal é ter todos os anos novos projetos vindo”, afirmou o executivo.

Comentário do especialista Victor Scholze: as inovações no setor portuário brasileiro estão apresentando novos paradigmas para as relações entre a iniciativa privada e o setor público. O atual modelo de leilões para as concessões do setor segue o caminho da modernização. O interesse demonstrado pelos empresários em participar dos eventos é um indicativo da viabilidade de investimentos no setor.

A participação de representantes do Governo em eventos como o “Setor Portuário: Desafios e Oportunidades” é mais uma atitude louvável, uma vez que expõe aos investidores e interessados no assunto as especificações do setor. É importante que todos os envolvidos busquem o maior número de informações possíveis, além do auxílio de assessorias – jurídica e técnica – especializadas para atuar nos leilões. O setor portuário é permeado de nuances e normas específicas, que precisam ser observadas por profissionais capacitados no assunto.

Comentário da advogada especialista Cristiana Muraro: o Brasil é uma potência no setor agropecuário, mas peca no quesito logística. Por vezes, os empresários enfrentam imensas dificuldades para escoar a produção, especialmente para exportação, em razão do déficit na capacidade portuária do País. Defasados, os portos brasileiros carecem de urgentes reformas, ampliações e adequações que permitam suprir a vultosa demanda

Com informações da Portal Brasil.

Últimas Notícias

André Jansen realiza abertura do Congresso Baiano de Direito

19/09/2017
Por Kamila Farias O advogado André Jansen, do escritório Jacoby Fernandes & Reolon Advogados Associados, ministrará a palestra de... Leia Mais

CGU publica enunciado para uniformizar aplicação da Lei Anticorrupção

13/09/2017
por Matheus Brandão O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União publicou, no dia 12 de setembro, dois enunciados... Leia Mais

Jacoby Fernandes e Ana Luiza Jacoby participarão de visita ao Tribunal de Contas Europeu

08/09/2017
Entre os dias 25 e 26 de setembro, o Diretor Presidente da Jacoby Fernandes & Reolon Advogados Associados, Jorge Ulisses... Leia Mais

Nossos Contatos

Endereço do escritório

SHIS QL 12, Conjunto 4, Casa 20, Península dos Ministros - Lago Sul - Brasília/DF - CEP: 71.630-245

Só atendemos com hora marcada

Ligue e agende seu horário

+55 (61) 3366-1206

Nome (obrigatório)

Email (obrigatório)

Mensagem